27 de novembro de 2018

INPI divulga estudo setorial sobre patentes de biotecnologia

INPI | notícias | patente |

A Divisão de Estudos e Projetos da Diretoria de Patentes do INPI disponibilizou mais um estudo setorial, intitulado “Categorização de patentes de biotecnologia baseada na Classificação Internacional de Patentes e análise do panorama de depósito de pedidos de patentes neste setor no Brasil (2012-2016)”.

O estudo fez um comparativo dos conceitos de Biotecnologia baseados nos códigos da Classificação Internacional de Patentes (CIP) sugeridos pela OMPI e OCDE e sugeriu um novo grupo de classificações, incluindo algumas áreas da biotecnologia que não haviam sido contempladas anteriormente.

Apresenta ainda uma categorização da biotecnologia em 12 áreas, possibilitando buscar, de modo estruturado, os documentos de patente em biotecnologia de forma abrangente ou mais especializada. Uma vez validado o conjunto de CIPs proposto, este foi utilizado para buscar os documentos de patente relacionados à biotecnologia depositados no INPI nos últimos anos, e assim, apresentar um panorama do patenteamento em biotecnologia no Brasil, indicando as principais características destes pedidos de patente como, por exemplo, os principais depositantes e as áreas da biotecnologia com maior interesse em relação à proteção patentária no País.

Fonte INPI